George Harrison

wallpaper-george-harrison001-1024

George Harrison sempre foi o mais reservado dos quatro  Beatles, e sempre esteve na sombra musical de John Lennon e Paul McCartney. Era também o mais jovem,  no entanto, tinha talento, e o comprovou em 1969, quando contribuiu no último álbum gravado pelo quarteto, Abbey Road, com algumas de suas melhores canções: ”Something” e ”Here Comes the Sun”.

Apesar da fama de sombrio e reservado, seus amigos pessoais sempre destacaram seu senso de humor agudo, que pode ser percebido em algumas de suas canções. Harrison caracterizou-se sempre por sua ironia e ao longo da sua vida manteve seu estilo modesto.

A letras das canções de George Harrison são simples. Suas frases, quase sempre curtas, diretas, embora escondam mensagens muito mais profundas. Inclui muitas alusões ao amor, à paz e também à espiritualidade e Deus.

Convertido ao hinduísmo, Harrison sempre aproveitou qualquer oportunidade para difundir a mensagem que caracterizou a banda e revolucionou o mundo na década de 70: ”Paz e amor”.
George Harrison nasceu em 25 de fevereiro de 1943 , em Liverpool, Inglaterra. Filho de um motorista de ônibus e de uma dona de casa, Harrison cresceu ouvindo a música de artistas como o escocês Lonnie Donegan e dos americanos Carl Perkins, Buddy Holly e Eddie Cochran, entre outros pioneiros do rock and roll. Entrou para o Liverpool Institute em 1954, onde também estudaram John Lennon e Paul McCartney. Em 1956, aos 14 anos, comprou uma guitarra e formou sua primeira banda, The Rebels. Um ano mais tarde, Paul, de quem já era amigo, o apresentou a Lennon. Pouco tempo depois George Harrison fazia parte, ao lado dos dois, do grupo The Quarrymen.

.As raízes de Liverpool

Em 1962, o grupo mudou seu nome para The Beatles e completou o quarteto  o baterista Ringo Starr. Não passou muito tempo para que figurassem nas principais paradas musicais do mundo.

Quando os Beatles alcançaram a fama nos Estados Unidos, em 1964, o status de superestrela de George Harrison estava assegurado. Seu estilo de tocar guitarra tinha a influência de seu herói Carl Perkins, o que o ajudou a definir o som da década de 60.

Em 21 de janeiro de 1966, George Harrison casou-se com a modelo Pattie Boyd. Os dois conheceram-se enquanto rodavam o filme A Hard Day’s Night. Durante os anos seguintes, começou a interessar-se por hinduísmo e aprendeu a tocar cítara, instrumento indiano introduzido em algumas das suas canções e que influenciou a produção posterior dos Beatles.

Abril de 1970: A separação

George Harrison tinha 26 anos quando os Beatles se separaram. Há quem acredite que o ressentimento do guitarrista foi uma das várias razões que levaram à ruptura final. Nesta época, Harrison já brilhava com luz própria. O ex-beatle descobriu sua voz ainda com os Beatles, com as canções ”While My Guitar Gentil Weeps”, ”Here Comes The Sun” e ”Something”. Inspiradas por sua esposa Pattie, venderam mais de um milhão de cópias.

Quando Paul anunciou o fim dos Beatles em abril de 1970, George já havia feito muitas amizades no mundo da música e trabalhado em projetos solos como a trilha sonora para o filme ”Wonderwal”, que resultou no seu primeiro disco solo ”Wonderwall”(1968). O álbum, todo composto por ele, é uma fusão da música indiana, com muitas cítaras e tablas tocadas por músicos indianos, entre eles o seu professor de cítara Ravi Shankar. Aqui, mistura a música indiana e trabalhos eruditos com a linguagem pop e rock’n roll. Ringo participou deste álbum sob o pseudônimo de Roy Dick.

Seu primeiro álbum como solista, após a dissolução, foi All Things Must Pass, lançado no final de 1970, com a participação de Eric Clapton e Ringo Starr. O álbum triplo alcançou a primeira posição nas paradas musicais. E em 1971, com a canção ”My Sweet Lord”, incluída no álbum e seu grande êxito de então, torna-se o 1º beatle a chegar no topo das paradas. Anos mais tarde, a música se tornaria uma grande dor de cabeça. Uma editora musical encontrou uma canção dos anos 1960 (”He’s so fine”) extremamente parecida. George perdeu o processo por plagio. Na versão em CD duplo, do ano 2000, foram inclusas 4 faixas no álbum, sendo uma versão acústica de ”Let It Down”, ”I Live For You”, gravada mas na época mas não incluída, e uma releitura do clássico ”My Sweet Lord”, desta vez com a parceria de seu filho Dhani na guitarra.

Foi ao lado do seu amigo Eric Clapton que desenvolveu um estilo de tocar guitarra ritmica que criou escola. Harrison, dizem os que com ele compartilharam um estúdio, divertia-se sacando novos sons de sua guitarra e, por isso, experimentou a música oriental e introduziu a cítara em algumas de suas composições.

‘Dê-me amor, dê-me amor, dê-me paz na terra.
Dê-me luz, dê-me vida, faz-me livre.
Dê-me esperança e ajuda-me a suportar esta pesada carga”
George Harrison
letra da música Give Me love

Caridade e espiritualidade

Em 1972, George Harrison organizou os Concertos para Bangladesh, um espetáculo para coletar fundos para os refugiados da guerra no país nascido traumaticamente com a ruptura com o Paquistão. Participaram do evento Eric Clapton, Ringo Starr, Billy Preston, Leon Russel e Bob Dylan.

O altruísmo demostrado pelo beatle teria origem na sua espiritualidade: George foi quem introduziu seus companheiros na filosofia hindu e o único que se manteve nela. Foi pioneiro também em usar a cítara em um disco de rock. Em 1972, produz na Índia um disco de Shankar, Chants of India, gravado ao vivo em um festival.

Ainda mais embalado na sua campanha pela iluminação espiritual e em crise no seu casamento, Harrison lançou uma trilogia em busca do seu eu, e distante dos hits comerciais: Live in a Material Wolrd (1973), Dark Horse (1974) e Extra Texture (Read All About It, 1975). Em 1977 divorciou-se de Pattie Boyd e no ano seguinte casou-se com Olivia Arias.

Produtor de cinema

Sua contribuição criativa ao popular quarteto de Liverpool é indiscutível, mas sua estrela como solista foi declinando. Depois do êxito do primeiro álbum, apenas em 1980 volta às paradas de sucesso com a canção All Those Years Ago, uma homenagem a John Lennon pouco depois da sua morte, que alcançou o posto número dois nas paradas da Grã-Bretanha.

Entretanto, sua carreira como produtor de cinema, com a criação da Handmade Films em 1978, ganhou força. Produziu alguns dos filmes de Monty Python. Atuou como produtor executivo de filmes como ”A Vida de Brian”. Em 1986, o músico produziu o filme ”Shanghai Surprise”, estrelado pela cantora Madonna e seu marido à época Sean Penn.

Em 1987, volta a brilhar como músico com o álbum Cloud Nine, de onde saiu o sucesso ”Got my mind set on you”. Em 1988 George Harrison funda o grupo The Traveling Wilburys, com Tom Petty, Bob Dylan e Roy Orbison. A banda obteve dois discos de platina. Em 1992, reapareceu à cena durante um concerto benéfico pelo partido Lei Natural, nas eleições gerais da Grã-Bretanha.

”George Harrison sempre se incomodou com o fato de estar à sombra de Lennon e McCartney durante a existência dos Beatles, mas mais tarde percebeu que tinha tido muita sorte. Tinha seu filho e um casamento feliz. Se deu conta de que havia coisas na vida mais importantes que ter sido um Beatle”

Philip Norman
autor do livro Shout!, biografía dos Beatles

Sua relação com os Beatles

Músico respeitado por seus colegas, George era convidado a participar de uma infinidade de discos de outros artistas e com freqüência participou de gravações de John Lennon e Ringo Starr. Apesar dos pequenos desacordos, George sempre se manteve próximo a Lennon depois da separação do grupo. Mas com Paul a situação foi um pouco mais complexa. Na época em que Paul sugeria uma reconciliação do grupo, Harrison chegou a dizer que nunca mais tocaria num grupo em que ele estivesse. Exceto em sua homenagem a Lennon, de fato nunca voltou a tocar com McCartney até o projeto da Antologia dos Beatles. As diferenças entre ambos os haviam mantido distantes por todo esse tempo. Com Ringo, George sempre manteve uma estreita amizade. Eram vistos juntos em público com freqüência. Ringo tornava-se eventualmente uma ponte de amizade entre os demais membros do grupo.

Os últimos anos

Em 1999 não foi um ano bom para Harrison. Aparentemente recuperado de um câncer de garganta, o ex-Beatle e sua esposa Olivia Arias foram atacados em sua mansão nos arredores de Londres por um desequilibrado, que o atingiu no peito com um punhal. O homem que o atacou, Michael Abram, foi inocentado em 2000, sob a alegação de demência.

Neste mesmo ano, começou a trabalhar no seu novo álbum, que seria lançado ao público no ano seguinte. Em 2001, depois da reedição de sua obra-prima All Things Must Pass, George foi tratado de um câncer de pulmão e de um tumor cerebral. Nunca se recuperou totalmente. No dia 30 de novembro de 2001 morreu aos 58 anos.

A morte nunca atemorizou George Harrison. Ele acreditava na sua espiritualidade e que iria transcender para outro lugar. As suas cinzas foram jogadas no rio Yanuma, Índia, onde esteve várias vezes. Considerado um dos rios mais sagrados para a religião Hare Krishna, passa pelas cidades de Delhi, Agra e Allahabad. Em determinado ponto, o Yanuma se encontra com o famoso Ganges, onde os Beatles estiveram em 68.

George Harrison

”Minha nova canção poderá se chamar Radioterapia”
Brincando com um entrevistador, que lhe perguntou se
seu novo trabalho sofreria influência da doença

”É uma peruca de verdade!”
Resposta dada a pergunta:
”Seu cabelo é de verdade ou é uma peruca?”

”Me sentia como um observador dos Beatles, mas era parte deles. Eu acredito que John e Paul foram as estrelas do grupo”

”Creio que isso seja tudo que sobrou dos Beatles”
Na cerimônia da entrada dos Beatles no Hall of Fame, apresentando a si próprio

Filmes

A Hard Day’s Night, de Richard Lester (1964)
No Brasil o filme se chamou ”Os Reis do Ié, Ié, Ié”. O filme mostra dois dias na vida do conjunto. Indicado ao Oscar de melhor roteiro e de melhor música instrumental (George Martin).

Help!, de Richard Lester (1965)
Comédia musical em que os Beatles se envolvem em um drama de mistério no estilo James Bond.

Magical Mystery Tour (1967)
Feito para a TV, tornou-se um dos poucos projetos fracassados do grupo. Nas filmagens, cada um fez o que quis e como quis, o que resultou numa confusão sem sentido

Yellow Submarine, de George Dunning (1968)
Desenho animado que se tornou um marco na animação. Os Beatles só aparecem no final.

Let It Be, de Michael Lindsay-Hogg (1970)
Documentário que registra a gravação do disco ”Let It Be”. Retrata os momentos finais da banda. Ganhou um Oscar de melhor trilha sonora original.

images (1)

.Em 1999 não foi um ano bom para Harrison. Aparentemente recuperado de um câncer de garganta, o ex-Beatle e sua esposa Olivia Arias foram atacados em sua mansão nos arredores de Londres por um desequilibrado, que o atingiu no peito com um punhal. O homem que o atacou, Michael Abram, foi inocentado em 2000, sob a alegação de demência.

Neste mesmo ano, começou a trabalhar no seu novo álbum, que seria lançado ao público no ano seguinte. Em 2001, depois da reedição de sua obra-prima All Things Must Pass, George foi tratado de um câncer de pulmão e de um tumor cerebral. Nunca se recuperou totalmente. No dia 30 de novembro de 2001 morreu aos 58 anos.

A morte nunca atemorizou George Harrison. Ele acreditava na sua espiritualidade e que iria transcender para outro lugar. As suas cinzas foram jogadas no rio Yanuma, Índia, onde esteve várias vezes. Considerado um dos rios mais sagrados para a religião Hare Krishna, passa pelas cidades de Delhi, Agra e Allahabad. Em determinado ponto, o Yanuma se encontra com o famoso Ganges, onde os Beatles estiveram em 68.

George Harrison

”Minha nova canção poderá se chamar Radioterapia”
Brincando com um entrevistador, que lhe perguntou se
seu novo trabalho sofreria influência da doença

”É uma peruca de verdade!”
Resposta dada a pergunta:
”Seu cabelo é de verdade ou é uma peruca?”

”Me sentia como um observador dos Beatles, mas era parte deles. Eu acredito que John e Paul foram as estrelas do grupo”

”Creio que isso seja tudo que sobrou dos Beatles”
Na cerimônia da entrada dos Beatles no Hall of Fame, apresentando a si próprio

Fonte Coletânea de DVDs Antologia dos Beatles

Fonte: sites oficiais e agências internacionais
Fotos: reprodução – Internet

Fonte: http://revistaepoc a.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG63682-5856,00.html

georgeharrison_3George-Harrison-John-Williams-Hulton-Archive-Getty-Images-

Georgie-george-harrison-31423425-550-526

Anúncios
Categorias:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s