Serguei Vassilievich Rachmaninov
01-04-1873- 28-03-1943

Pianista e compositor russo ,
Rachmaninov foi diretor do Teatro Bolshoi, de 1904 a 1906, e também um dos últimos grandes representantes do pós-romantismo musical na Rússia pré-revolucionária. As características de suas obras são a elegância mundana, a profunda tristeza, os ritmos exaltados e as melodias arrebatadoras. Em 1917, Rachmaninov, após perder todos os seus bens com a revolução, abandonou o país e fixou residência na Europa Ocidental. Em 1935, mudou-se para os Estados Unidos, onde obteve êxito como concertista de piano. Rachmaninov interpretava as próprias obras, mas também as de Frédéric Chopin, F. Liszt e Alexander N. Scriabine, fascinando completamente o público com seu virtuosismo como pianista. Antes de abandonar a Rússia, Rachmaninov compôs três grandes concertos para piano e, em 1937, já nos Estados Unidos, um quarto concerto. Entre as obras para piano, uma das mais conhecidas é o Prelúdio em Dó Menor Sustenido, composto em 1892. Nos Estados Unidos, são especialmente populares as sinfonias, bem como os poemas sinfônicos, como A Ilha dos Mortos (1909) e sua última grande composição, Danças Sinfônicas (1940), magnífica obra da maturidade. Rachmaninov compôs também três óperas, coros e lieder.

Anúncios