Julio Iglésias

s
23.09.1943 – Espanha
Julio Iglesias

Um jovem espanhol de 20 anos, natural da cidade de Benidorm, sonhava em se tornar jogador de futebol. Já atuava como goleiro nas categorias de base do Real Madrid, quando um acidente de carro mudaria sua vida e influenciaria a de milhões de pessoas em todo o mundo.

O jovem Julio Iglesias passou 1 ano e meio parcialmente paralisado. No hospital, ouvia rádio e escrevia poemas e versos românticos. Um dia, a enfermeira ofereceu-lhe um violão. Nunca havia pensado em tornar-se cantor, cantava por distração, para esquecer o tempo de atleta.

Contrariando as expectativas, recuperou-se do acidente e passa um tempo na Inglaterra, estudando. Aos fins de semana, cantava num pub canções de Tom Jones, Engelbert Humperdinck, The Beatles…

Voltou a Madrid e vai a um estúdio procurar um intérprete para suas composições. O produtor então pergunta: “Porque não a cantas tu?”
– “Porque eu não sou cantor”!.

O que ele ainda não havia percebido, o mundo trataria de lhe mostrar: em julho de 1968, ganha o festival de Benidorm com a canção” La vida sigue igual “e assina contrato com a Columbia Records. No ano seguinte, sua agenda já está a mil, com a gravação de seu primeiro LP na DECCA estudios em Londres, a primeira turnê na Espanha, participação nos Festivais de Viña del Mar (Chile) e no Festival de San Remo (Itália), faz o primeiro filme,” La vida sigue igual.”

E não pára mais.

Nascido em Madrid em 23 de setembro de 1943, Julio Iglesias é considerado o artista mais popular do planeta. São 77 álbuns gravados, mais de 250 milhões de discos em 14 idiomas vendidos, mais de 2600 discos de platina e de ouro recebidos, mais de cinco mil concertos.

Ao longo dos 40 anos de carreira, recebe muitos prêmios e distinções. Entre eles, o Guinness World Book Of Records (1983) como o cantor que mais discos vendeu em várias línguas na história da musica (Espanhol, Alemão, Japonês, Inglês, Italiano, Português, Francês…); Grammy Awards (1987) de melhor canção latina com o álbum Un hombre solo, e Aplauso’92 como artista do ano; primeiro artista estrangeiro a receber a Golden Record Award na China (1995), assim como é o primeiro cantor latino a ganhar o ASCAP Pied Piper Award, o mais prestigiado galardão para “entertainers”.

Em 1985, torna-se um dos poucos artistas hispânicos a receber estrela no Hollywood Walk of Fame. Julio recebeu também homenagem dos residentes em Miami com um lugar no legendário Passeio das Estrelas Latinas na Miami’s 8th Street.

Anúncios
Categorias: Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s