Edvard Munch

(1863-1944)

Munch foi um dos primeiros artistas do
século XX que conseguiu conceder às
cores um valor simbólico e subjetivo,
longe das representações realistas.
Seus quadros exerceram grande
influência nos artistas do grupo
Die Brücke, que conheciam e admiravam
sua obra.
Nascido em Loten, Noruega,em 12 de Dezembro de 1863

Imagem

Munch iniciou sua formação na cidade de Oslo
no ateliê do pintor Krogh. Realizou
uma viagem a Paris, na qual conheceu
Gauguin, Toulouse-Lautrec e Van Gogh.
Em seu regresso, foi convidado a
participar da exposição da Associação
de Berlim. Numa segunda viagem a Paris,
começou a se especializar em gravações e
litografias, realizando trabalhos para a
Ópera. Em pouco tempo pôde se
apresentar no Salão dos Independentes.
A partir de 1907, morou na Alemanha,
onde, além de exposições, realizou
cenários. Passou seus últimos anos em
Oslo, na Noruega. Uma de suas obras
mais importantes é O Grito (1889).
Nela, Munch se vale da expressividade
das cores para representar o medo e a
solidão que assolam o ser humano.

Ana Maria

Anúncios
Categorias: Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s